18 de dez de 2010

Cadê meu nariz de palhaço que tava aqui?

Essa semana fiquei chocada com os fatos políticos do país que eu vivo. Deputados votaram em terem um aumento de mais de 60% nos seus salários. Achei isso um absurdo afinal pra que um salário de mais de 20 mil reais, sendo que eles não pagam grande parte dos serviços que fazem parte do dia a dia deles como passagens aéreas, alimentação, moradia enfim. Afinal de contas, pra que, esse salário tão alto? Quando um cidadão além de ser obrigado a votar em crápulas a cada quatro anos, recebe um salário mínimo de R$ 510,00, mal sabe ler e escrever, não consegue dar uma educação digna ao seus filhos, é adepto de um sistema de saúde precário, muitas vezes não mora em lugares com uma boa infra estrutura, enfim. Sem mais delongas e rodeios, não seria mais ético que esse dinheiro público fosse usado, ao contrario de pagar salário alto pra deputado ficar bancando magnata, fosse usado pra dar melhores condições aos cidadãos? Principalmente nas áreas da saúde e da educação que ficam muito a desejar nesse país. Mas será que a culpa desses deputados estarem lá dentro do senado e votarem em um aumento do seu próprio salário não é nossa? Em minha opinião é, já que nós votamos neles e querendo ou não os colocamos lá dentro! Quem é o palhaço afinal, o deputado eleito, que mal sabe ler e escrever ou o povo brasileiro que elegeu ele o deputado mais votado do país? Estou convencida de que a palhaço sou eu e a pergunta que fica é: Cadê meu nariz de palhaço que tava aqui?

Nenhum comentário:

Postar um comentário